como vencer a crise

Como vencer a crise e gerar mais vendas com Inbound Marketing

Um dos principais desafios na situação econômica do nosso país é aumentar as vendas. Grandes empresas, em outras crises, nos ensinaram que a melhor estratégia é provar o valor dos seus produtos ou serviços e fortalecer sua marca.

Um dos casos mais interessantes foi o da Starbucks, na crise dos EUA em 2008. A empresa sofreu grandes golpes e correu risco de decretar falência. As pessoas deixavam de ir ao café, os franqueados queriam fechar suas empresas, a situação era caótica.

Vencendo a crise em 2 passos

A primeira coisa que a Starbucks fez e a primeira lição para nós, foi investir na sua própria equipe. Ela fez uma conferência reunindo todos seus franqueados, parceiros, funcionários, na cidade de Nova Orleans. A ideia era manter as pessoas motivadas para acreditar que juntas poderiam vencer a crise. E a cidade não foi escolhida por acaso. Nova Orleans foi devastada por um furação em 2005 e em 2008 a cidade ainda estava sofrendo. Então as 10.000 pessoas que estava na conferência foram voluntárias a ajudar a arrumar as casas, pintar, ajudar as pessoas, e isso foi muito inspirador. No fim, a cidade foi usada como exemplo de como todos juntos podiam fazer a diferença.
starbucks-vencendo a crise

A segunda atitude que a empresa tomou, foi dar prioridade a qualidade do café e fazer do atendimento a marca registrada da Starbucks. Ao contrário de muitas empresas que fazem cortes e diminuem a qualidade de seus produtos a fim de reduzir custos. Esta é a lição que devemos aprender e é por isso que a Starbucks  potência mundial hoje.

E como o Inbound Marketing pode ajudar?

inbound marketing vencendo a criseinbound marketing vencendo a crise

Se você nunca ouviu falar de Inbound Marketing, sugiro que leia este post. Resumindo, o Inbound Marketing ou marketing de conteúdo é embasado em atrair visitantes, encantar clientes e fazer vendas através da internet. É uma das estratégias de marketing digital mais sólidas e  para se obter resultados.

Através do conteúdo do seu site, é possível provar o valor dos seus produtos ou serviços e atrair novos clientes, assim como fidelizar os já conquistados.

Vamos dar um exemplo: Você chega em uma loja de eletrônicos em busca de uma TV, olha as opções e chama um vendedor para saber o preço.

1° cenário: O vendedor vem até você e diz: “Essa ai custa R$2.500 reais.”

Talvez você até tenha o dinheiro, mas não sabe se o produto atende as suas necessidades e também pelo atendimento que recebeu, acaba não comprando.

2° cenário: O vendedor vem até você e diz: “Tudo bem? Essa Tv tem 43”, 2 entradas HDMI, 2 entradas USB, tela LED para não agredir a visão, 1 ano de garantia e custa somente R$2.500 reais, podemos dar um desconto a vista ou parcelar em até 10x sem juros. Entregamos na sua casa sem custo.”

No 2° cenário, o vendedor provou todo o valor da Tv antes de falar o preço, além de dar segurança a compra com a garantia de 1 ano e dar um beneficio para pagar a vista ou facilidade para pagar a prazo.

Neste caso, é bem mais fácil que o vendedor vá concretizar a venda e na internet não é diferente. Se você tem um site que não vende nada, não tem acessos, ele está sendo um custo. Agora se seu site tem muitas acessos, seus produtos e serviços estão bem descritos, tem imagens, vídeos, e clientes novos e recorrentes chegam até você através dele, então é um sinal que está sendo feito um bom trabalho.

Dicas de como fazer um bom trabalho

dicas vencer a crise

Primeiro, veja se seu site se adapta a celulares e tablets. É de extrema importância que ele seja responsivo, pois milhões de pessoas procuram por produtos e serviços por meio de seus Smartphones e tablets e este mercado só tende a crescer. Mas se você não tem um site e só usa as redes sociais, a dica abaixo serve para você.

Procure usar vídeos, imagens reais dos seus produtos, ou dos resultados dos seus serviços, isso dá mais confiança para quem está vendo. A primeira coisa que você vende é a imagem. Isso vale para qualquer situação. Você não vai confiar em um vendedor de roupas sujas e cabelo bagunçado por exemplo, a imagem é a primeira impressão.

Outro fator que gera confiança é colocar depoimentos dos seus clientes. Isso pode fazer você concretizar uma venda. Pessoas reais confiam em pessoas reais e depoimentos servem para dar mais confiança para o que você faz ou vende, tirando dúvidas que um novo potencial cliente possa ter.

Conteúdo: é aí que entra o Inbound Marketing. Quando uma pessoa visita seu site ou rede social, o conteúdo é quem convence. Ao ver que você escreve sobre um determinado assunto, seja para um produto ou serviço, o visitante vê que você é autoridade sobre o assunto. Sem contar que quanto mais conteúdo relevante tem sua página, você recebe mais visitas, e mais visitas = mais clientes.

Esteja na primeira página do Google

site-na-primeira-pagina-do-google-seo

 

Quando alguém precisa comprar algo onde ela procura? No Google. E estando entre os primeiros resultados da pesquisa, você gera mais visitantes para seu site, que pode com certeza converte-los em vendas! Basta seguir as dicas acima e ler também este outro post sobre transformar leads em clientes.

E como fazer para estar na primeira página? O Google leva em conta mais de 200 fatores para posicionar bem um site. Conteúdo, imagens, vídeos, se seu site abre rápido, se está adaptado (responsivo), etc.

Para estar na primeira página, é necessário um bom trabalho de S.E.O, que significa adaptar seu site para esses fatores que o Google leva em consideração. Conheça mais sobre nosso serviço de S.E.O aqui.

Fora isso, é possível também fazer anúncios pagos no Google, Facebook, que também ajudam a alavancar vendas. Saiba como isso funciona aqui.

Mão na massa

Agora que você sabe o caminho, é só colocar a mão na massa e começar a gerar resultados! Isso tudo funciona para nós da Agência Start-se e esperamos que faça a diferença para sua empresa também. Caso precise de ajuda, deixe um comentário, nós teremos o prazer de ajudar!