funil-inbound-marketing

O que é Inbound Marketing?

O Inbound Marketing faz pensar na expressão “Não importa o quanto corremos atrás das borboletas (clientes), elas sempre escolhem aqueles jardins mais floridos. Então, cultive flores no seu jardim (empresa), de todas as cores”.

É um estilo de marketing que consiste em focar em “melhorar seu negócio e não correr atrás de clientes”.  Esse termo americano ilustra bem as ações de marketing digital visando a atrair o cliente para si, em vez de ir buscá-lo. Fala também de clientes ganhos, em contraste com os clientes pagos (comprados com publicidade).

Segundo o Wikipedia, “o Inbound Marketing é realizar a propaganda de uma empresa através de blogs, podcasts, vídeos, livros, newsletters, white papers, SEO, marketing de mídia social, e outras formas de marketing de conteúdo.”

Por outro lado, a compra de atenção, telemarketing, mala direta, rádio, anúncios de TV, panfletos de vendas, spam, e-mail marketing, telemarketing e publicidade tradicional são considerados “Outbound Marketing”.

O Inbound Marketing ganha a atenção dos clientes, se tornando fácil de ser encontrado e atrai clientes para o site através da produção de conteúdo interessante.

Comentários e consequentemente recomendações, indicações e boca a boca (bate-papo), são possíveis pela Internet e são considerados também formas de Inbound Marketing.

Até Links Patrocinados podem ser considerados Inbound Marketing. Afinal, eles são uma forma de intrusão muito sútil, já que as pessoas devem estar buscando por aquilo que você vende se a campanha for de boa performance e bem otimizada.

O termo Inbound Marketing foi popularizado pela HubSpot, que apropriou-se dele, criando e usando sua metodologia para sua própria promoção, com um blog muito ativo e rico. No final de 2011, a empresa conquistou mais de 6.000 clientes em 43 países, gerando um volume de negócios anual de mais de US $ 29 milhões (+ 81% em um ano).

A Metodologia Inbound Marketing:

  • Atrair tráfego;
  • Converter visitantes em leads (clientes);
  • Converter leads em vendas (fechar negócios);
  • Fidelizar clientes (encantar);

 

inbound-marketing

O Inbound Marketing na prática:

Atrair tráfego

Você precisa atrair as pessoas para seu site. Aqui você pode investir em SEO para posicionar bem sua página ou em anúncios no Facebook ou no Google Adwords, por exemplo. Investir em um ótimo conteúdo em blog também é ótimo para atrair novos usuários.

Converter visitantes em leads

Nessa fase, é preciso uma carta de vendas sedutora, uma página ou um post do seu site. Você vai pedir ao usuário o e-mail dele. Então é preciso oferecer algo a ele que seja interessante, como um livro digital, um brinde, um conteúdo restrito, coisas que vão ser úteis a ele.

Converter leads em vendas

O cliente já confiou em fornecer o email dele, já se mostrou interessado, agora é a hora de oferecer o que você tem a vender. Seja mais direcionado com palavras certas, ofereça um atendimento personalizado e responda todas as suas dúvidas, então ele estará seguro a comprar.

Fidelizar clientes

É preciso continuar a construir um relacionamento com o cliente. Ele já comprou de você, mas nem por isso você precisa terminar a conversa com ela.Esteja sempre se comunicando com ele através do email marketing.

Ganhar seus clientes

Aqui você precisa tratar seu cliente como rei e oferecer para ele mais do que uma marca que produz conteúdo, mas uma marca com um propósito que ele admira e tem orgulho de fazer parte. Como fazer isso? Investindo em conteúdo que alimentem claramente o seu propósito.

E porque fazer Inbound Marketing e não Outbound (Marketing tradicional)?

Para qualquer tipo de empresa, mas particularmente para empresas pequenas ou de médio porte (sem grande capacidade financeira e orçamento de Marketing limitado) o Inbound Marketing pode se tornar uma estratégia de melhor custo benefício:

Consome menos dinheiro: Quando o Marketing tradicional precisa de verba e funcionários para ser efetuado corretamente, o Inbound Marketing ele, somente precisa de mão de obra. Quase todas as formas de realizar esse tipo de marketing são grátis. Apesar de poder ter um custo bastante alto, isso dependendo do nível de funcionário que você precisará para sua realização.

Precisão: O Inbound Marketing permite identificar com mais facilidade e de forma mais precisa quem está interessado no seu trabalho, quem é seu público-alvo. Isso porque os clientes potenciais entrem em contato com você de forma espontânea, já que eles estão interessados e procurem seus produtos/serviços. O que não é o caso do Outbound que geralmente atinge as massas sem distinção.

É investimento, não despesa: Quando no Marketing tradicional você precisa de verba e orçamento contínuo para gerir publicidade para atingir sempre novos prospects, no Inbound Marketing você investe bastante no início para poder tornar-se “referência” do seu mercado, isso aparecendo primeiro no Google e criando comunidades nas redes sociais a respeito dos seus produtos ou serviços no médio-longo prazo. E quando você chega nesse nível, o seu marketing acaba se fazendo sozinho e torne extremamente difícil para um concorrente se posicionar melhor no mercado.

Achou interessante para sua empresa? Nós podemos fazer Inbound Marketing para você ter mais resultados! Entre em contato!

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.